sexta-feira, 16 de julho de 2010

Soluços de dor...


A música que eu ouço ao longe é linda
Mas também é tristeza.
Tudo parece tristeza...tudo é nada...
Me sinto impotente diante da noite
Que vem pousando devagar
E mal desponta a madrugada
E já me inunda de nostalgia.
Não entendo porque esta noite é tão escura
É tão triste...tão vazia
Fazendo-me lembrar da saudade
Saudade que insiste em arder meu peito.
Saudade de ti,
Saudade de mim,
Saudade de nós.
Até esta canção que ouço parece uma mentira...
Foram tantas juras de amor
Tantos soluços de dor por este grande amor
Tantos sonhos desfeitos
Noites e dias grito e choro,
Mas ninguém ouve...ninguém vê...
Choro rio de lágrimas,
Teu amor fez de mim um lago triste,
Por causa deste desamor, dos teus desdéns
Até o amor me mente, igual esta canção
Que parece linda, mas é pura ilusão...
Me deixa a alma como morta.
A noite chega trazendo como companheira uma dor cheia de tortura,
Ouço a música e o soluçar desta noite imensa, escura...
Meus soluços andam dispersos.
Sinto este amor fugindo
Igual a tantos outros que se foram
Pressinto outros que virão e partirão também...
Aprendi na vida a amar e a esquecer
Estou partido em mil pedaços
Mas sei que vou te esquecer
Com a bênção do luar
Que esta triste noite me trará.

Daynor Lindner

Publicado no site: O Melhor da Web em 30/06/2009
Código do Texto: 32034

Nenhum comentário:

Postar um comentário